Notícias

Ipsemg: vereadores vão tentar solução com a Santa Casa

04 de Junho de 2009

            Os vereadores passenses vo buscar a Santa Casa de Misericrdia, na tentativa de uma soluo negociada para os servidores estaduais segurados do Ipsemg, que anseiam por um convnio para serem atendidos no hospital. A iniciativa decorre de encontro entre os vereadores e a direo do Ipsemg, realizado na quarta-feira (3 de junho), em Belo Horizonte,  quando ouviram dos diretores que o Instituto tem grande interesse em ampliar o convnio na cidade.
            O grupo foi recebido pelo presidente do Ipsemg, Antonio Caram Filho, pelo vice-presidente Paulo Elisirio e pelo gerente de interiorizao, Eduardo Batista, que informaram que houve tentativas para o  convnio, mas que no se chegou a um acordo porque a Santa Casa teria tentado negociar por fornecedores e teria recusado a tabela de honorrios do Ipsemg. “S pode haver um contrato se ambas as partes tiverem interesse. O Ipsemg tem um pacote e no pode pagar tabela diferenciada”, explicou Paulo Elisirio, ressaltando que os valores so os mesmos em todo o Estado, inclusive para os hospitais da capital.
             A reunio na sede do Instituto teve a participao do presidente da Cmara, Nivaldo Chaparral, e dos vereadores Renato Andrade, Paulo Rodrigues (Paulinho), Jferson Faria (Jefinho), Antonio Mendona (Zetinho), Edmilson Amparado, Luis Carlos Souto Jnior (Dentinho) e Cenira de Ftima (Tia Cenira), alm de dois representantes do Sind-UTE em Passos, os professores Maria Antonia Mouro Barbosa e Jos Francisco Godinho. O chefe de Gabinete e subsecretrio da Secretaria de Defesa Social, Cssio Soares, acompanhou o grupo.
            Os servidores do Estado desde o dia 1º de junho contam na cidade com o atendimento do Hospital So Jos, mas segundo a diretora do Sindicato dos Trabalhadores da Educao, Maria Antonia, fazem questo do atendimento tambm pela Santa Casa. A direo do Instituto informou manter convnios com 172 hospitais de Minas Gerais, assegurando ter uma tabela de valores compatveis – e diante da colocao dos representantes dos professores de que a Santa Casa reclama de atrasos no passado - garantiu  que no atrasa os pagamentos. Na regio, esses convnios existem em cidades como Guap, So Sebastio do Paraso e Cssia.
            A ida a Belo Horizonte foi mais um desdobramento do crculo de debates promovido pela Cmara Municipal no ms passado, quando os servidores se queixaram da ausncia do atendimento mdico-hospitalar nem Passos. No dia seguinte, uma comisso buscou a Santa Casa e, na tentativa de clarear a questo, foi agendada a reunio na sede do Ipsemg.
            Os vereadores estiveram tambm na Assemblia Legislativa. O presidente Nivaldo Chaparral entregou ao presidente da Casa, deputado Alberto Coelho, um ofcio pedindo apoio de todos os deputados para o convnio com a Santa Casa.
 
SDLP/jpe
024/2009
04/06/09
 

© 2019 Câmara Municipal de Passos
Todos os direitos resevados.