Notícias

CPI: Câmara vota suspeição e trabalhos devem ser retomados

11 de Setembro de 2007

            A Cmara Municipal de Passos promoveu na noite de segunda-feira (10 de setembro), em sua reunio ordinria, a discusso e votao da defesa dos vereadores Alexandre de Almeida e Jos Antonio de Freitas Campos (Tuco), no processo de suspeio contra ambos levantado pelo vereador Waldemar Ribeiro. O caso envolve a Comisso Parlamentar de Inqurito (CPI) criada em 2006 para investigar denncias feitas pelo ex-prestador de servios Antonio Claret de Oliveira. Por 6 votos contra 5, o plenrio decidiu pelo afastamento dos dois vereadores da CPI.

            Os trabalhos da Comisso encontram-se paralisados desde o segundo semestre do ano passado, quando os dois vereadores entraram com pedido de mandado de segurana na Justia recorrendo contra o pedido de Waldemar, o qual solicitava o afastamento de Tuco e de Alexandre, por considerar haver ligaes  deles com o denunciante, Antonio Claret. A Justia determinou a interrupo da CPI e abriu a defesa para o caso, determinando que ela ocorresse em julgamento do Legislativo. Com a deciso do plenrio, os trabalhos da CPI podero ser retomados.

            Antes da discusso, a presidncia indeferiu requerimento de Alexandre e Tuco que pedia a retirada da matria da ordem do dia. O presidente, vereador Nivaldo Chaparral, atuou como relator na reunio, chamando para depor as testemunhas arroladas. Falaram o ex-prestador Antonio Claret e o vereador Renatinho Ourives. A defesa dos vereadores Alexandre de Almeida e Tuco foi feita pelo advogado Telmo Aristides dos Santos, que fazia as perguntas e, essas por sua vez, eram transmitidas pelo presidente da Casa s testemunhas. O vereador Waldemar tambm realizou perguntas.  

Logo em seguida, o requerimento da suspeio foi colocado em votao, tendo o presidente Nivaldo Chaparral usado o voto minerva que lhe assegurado para desempatar a votao. Votaram pela suspeio, alm dele, os vereadores Waldemar Ribeiro, Hilton Silva, Jos Roberto Bernardes, Sebastio Bacada e dr. Cludio Flix. Os votos contrrios partiram dos vereadores Alexandre de Almeida, Tuco, Renato Andrade, Marcos Salutti e Renatinho Ourives.

 
Capela centenria
 

            Outro destaque da reunio ordinria foi a presena do padre Francisco Clvis Nery, da parquia Nossa Senhora da Penha, que pediu a ajuda do Legislativo para o custeio da reforma de restaurao da capela centenria da Penha. O arquiteto responsvel pelo projeto, Andr Nery Figueiredo, exibiu em um telo os detalhes da obra e a adversidades que tm sido encontradas . Segundo eles, o custo projetado para a restaurao vai superar a casa dos R$ 400.000 – bem acima do inicialmente foi previsto -, porque a situao crtica encontrada – havia ameaa inclusive da igreja desabar – est trazendo despesas que no estavam nos planos.

            O padre Clvis solicitou a ajuda financeira da Cmara atravs da devoluo das sobras, que o Legislativo repassa Prefeitura no final do ano. Outro pedido foi a apresentao de uma emenda proposta oramentria do municpio para 2008, visando a concluso do restauro. Os vereadores j se articulam para assinarem coletivamente uma emenda  nesse sentido.

 
SDLP/jpe
039/2007
11/09/07
 

© 2019 Câmara Municipal de Passos
Todos os direitos resevados.