Notícias

Câmara cria comissões de veto na abertura da Sessão Legislativa

07 de Fevereiro de 2006

      O ano legislativo foi oficialmente aberto pela Cmara Municipal de Passos na noite da ltima segunda-feira (6 de fevereiro), com a realizao da primeira reunio ordinria de 2006. No houve votao de nenhuma matria, mas o ano comea com muito trabalho, pois h trs vetos do prefeito Atade Vilela para serem analisados e uma Comisso Parlamentar de Inqurito prestes a iniciar as atividades. O ano de 2006 corressponde 2 Sesso Legislativa da 15 Legislatura.
      Na primeira ordinria, foram lidos os vetos do Executivo que envolvem as leis do Oramento, do Plano Plurianual e do Estatuto dos Servidores. De acordo com a proporcionalidade das bancadas, a presidncia da Cmara nomeou os componentes das comisses que vo analisar os vetos.
      Para o veto da lei oramentria, foram nomeados os vereadores dr. Cludio Flix, Marcos Salutti e Renatinho Ourives. Para a lei do Plano Plurianual, foram indicados os vereadores Sebastio Bacada, Tuco e Nivaldo Chaparral. Os vereadores Sebastio Bacada, Marcos Salutti e Nivaldo Chaparral formam a comisso que vai analisar o veto sobre a lei do Estatuto dos Servidores. As comisses tm prazo de 10 dias para emitir pareceres.

CPI da Fesp

       O presidente da Cmara, vereador dr. Jos Roberto Bernardes, solicitou aos lderes de bancadas a indicao dos membros que vo compor a Comisso Parlamentar de Inqurito (CPI) do caso Fesp (Fundao de Ensino Superior de Passos). O pedido de instaurao de CPI foi formulado no final do ano passado em requerimento assinado pelos vereadores Sebastio Bacada, dr. Cludio Flix, Nivaldo Chaparral, Waldemar Ribeiro e Renatinho Ourives.
       Sobre a situao da Fesp, o presidente da Cmara diz que est buscando somar foras em favor da federalizao da instituio. J temos apoio de gente de peso, como o vice-presidente Jos Alencar, o senador Aelton Freitas e no final de semana conseguimos tambm o apoio do vice-governador Clsio Andrade. Vamos juntar o maior nmero possvel de assinaturas, para buscar pessoalmente o apoio do presidente Lula, afirma dr. Jos Roberto.
       Segundo ele, trata-se de um momento nico para a federalizao, pois o governo federal vem criando novas universidades e ampliando o nmero de campus.. No podemos dormir no ponto porque h outras instituies tambm buscando a federalizao. Sabemos, por exemplo, que na Bahia duas universidades esto com o mesmo projeto, ele afirmou.


SDLP/jpe
059/2006
07/02/06

© 2019 Câmara Municipal de Passos
Todos os direitos resevados.